Back to online life

outubro 13, 2009

Voltei!

Mudança feita, casa arrumada, internet instalada.

A partir de amanhã novos posts no Carioca, minha gente.

Inté.


Mudança

julho 16, 2009
caixas e mais caixas

caixas e mais caixas

Eu sumi porque estou mudando de casa…e mudança vocês sabem bem como é!

Mas eu volto. Em breve.

Com um post sobre a Ilha de Páscoa e com vários posts sobre Milano.

Beijos. Comportem-se. Ou não.


Tanto mar…

junho 4, 2009

Dia 08 de junho é dia dos Oceanos. E a Lúcia Malla  sugeriu que fizéssemos posts nesta semana sobre a nossa relação com o mar…

Ilha de Páscoa, praia de Anakena. Oceano Pacífico

Ilha de Páscoa, praia de Anakena. Oceano Pacífico

Eu sou carioca. E morei a maior parte da minha vida perto do mar. Indo e vindo da universidade, do trabalho, de saídas com amigos, eu passava em frente ao mar. Da minha infância eu tenho inúmeras recordações que envolvem o Opala amarelo que minha mãe tinha repleto de crianças indo para praia…depois, maiorzinha, indo para praia de ônibus com as amigas. Mais tarde ainda indo de carro.  Lembro do telefone tocando e eu acordando para atender já com a certeza que seria um convite para ir para praia.

Embore eu adore o mar, sofro do “mal de mar” e passo muito mal em barcos. Mas o amor ao mar me fez enfrentar inúmeros enjoos para trabalhar em uma ilha. Só porque era perto do mar.

Tenho o objetivo de conhecer todos os oceanos e mares. Já conheço o Atlântico (dããã), o Pacífico,  o mar Mediterrâneo…falta o Oceano Índico e outros tantos mares.

Aqui em Milão é o mar a coisa que mais me faz falta. O cheiro do mar. O sal na pele.  A vida de quem vive perto do mar…o jeito descontraído, as roupas informais, a possibilidade de estar de saco cheio e ir ver o mar para melhorar o humor.

Viver longe do mar e conviver com pessoas que nunca viveram perto dele é um aprendizado e tanto. Quem nunca viveu perto da praia não tem idéia da falta que ele faz. E os milaneses dizem, sem dó de mim: “em agosto a gente vai um fim de semana para a praia!”

Só em agosto? E só UM fim de semana?

HUMPF!


I tifosi…

maio 17, 2009
Tifosi do Inter na Piazza Duomo. Foto: www.repubblica.it

Tifosi do Inter na Piazza Duomo. Foto: http://www.repubblica.it

 

Ontem, com a derrota do Milan, matematicamente o Inter (o timão do coração do meu marido) ganhou o campeonato italiano.
 
Marido enlouqueceu, sobretudo pq o Milan perdeu e deu a vitória ao Inter, pq a rivalidade é tipo Flamengo e Vasco no Rio.
 
Mais de meia noite fomos nós pra Piazza Duomo depois de ver na TV que os torcedores tavam indo pra lá.
 
Milhares de pessoas, todo mundo fazendo festa, bandeira, camisas, cornetas… Marido com a camisa oficial que eu dei pra ele de Natal (com o número e o nome do Ibrahimovic, aliás, ele que não pense em sair do Inter, pq a camisa me custou os olhos da cara!) e uma bandeira na mão, enlouquecido.
 
Encontrei com a professora com quem trabalhei na universidade aqui,  ela e o marido devidamente paramentados tb!
 
Quando a gente tava indo embora vimos todo mundo correndo pra um lado. Eu já achando que era briga, bala perdida, arrastão. A pessoa sai do Rio mas o Rio não sai da pessoa. Que nada! Era um Ônibus aberto em cima (tipo aqueles de turistas) com o time do Inter! Isso era já uma e meia da manhã.
 
Marido enlouqueceu mais um pouco,  estávamos bem pertinho do ônibus, eu gritei em português : “Dá-lhe Julio Cesar” (o goleiro brasileiro do Inter, aquele que é casado com a Susana Werner) e ele ouviu e me deu tchau,  e eu fiquei me achando *A AMIGA* do Julio Cesar! Os italianos gritavam: RUULIO, RUUULIO (pq eles pronunciam o J como se fosse R, como em espanhol!).

Eu ficava ouvindo os gritos de guerra e me divertindo horrores…o que eu mais gostei foi o grito contra o Ambrosini (um jogador do Milan, que há dois anos atrás, qdo o Inter ganhou o campeonato italiano e o Milan ganhou o campeonato europeu, ele pegou uma faixa dos torcedores do Milan onde tinha escrito: Inter, o “scudetto vocês podem enfiar no C%$%”. Bom, o tal jogador ganhou a antipatia mortal dos tifosi do Inter, né?).  Daí que ontem tinha uma faixa escrito: “Ambrosini, no nosso c¨% ainda tem espaço”, ahahaha.
 
Eu nem gosto de muvuca, fico meio apavorada, mas marido tava tão feliz, parecia menino…
 
Algumas observações:
 
1- Nunca vi tanto homem bonito por metro quadrado. Meu Padim Padi Cícero
 
2- Não vi NENHUMA briga. NENHUMA. Todo mundo civilizado.
 
3- NENHUM assalto, nada. O pessoal com câmera, filmadora, bicicleta…
 
4- Um monte de criança. Os pais levaram as crianças com camisa, bandeira e tal. Tudo na maior tranquilidade. 

 5- Já falei que tinha homem bonito? Ah, tá…
 
Então essa é mais uma história pra minha vida de milanesa. Adorei a experiencia antropológica em meio aos “tifosi” (torcedores) milaneses! Agora só falta assistir uma partida no San Siro.


Iniciando…

abril 8, 2009

Iniciando o blog em uma outra cidade. Em um outro país. Numa outra cultura…

Este blog trará apenas, e tão somente apenas, minhas opiniões sobre esta cidade, este país, esta cultura. Nada do que eu disser aqui deve ser usado como verdade absoluta (nada do que ninguém diz deve ser usado como verdade absoluta, pequeno Gafanhoto!). É só o que eu acho! E pronto…simples assim.

Você pode (e deve) ter sua própria opinião sobre Milão. Ou sobre o Rio. Pode discordar de mim em tudo, mas não poderá ofender (nem eu nem ninguém aqui).

É também uma ajuda para quem vem…

E vamos dar início aos trabalhos!